21 de fev de 2013

Emily Brontë - O MORRO DOS VENTOS UIVANTES

                             
Olá leitores da Casa de Livro Blog!
Hoje vamos comentar um pouco sobre um romance, um clássico, diferente de todos os outros romances, pois é recheado de vingança, ódio e sangue.
O Morro dos Ventos Uivantes é uma das histórias de amor mais surpreendentes de todos os tempos.
Emily Brontë criou um cenário sombrio e tempestuoso que nos transmite um senso de mistério. Uma história intensa e cativante sobre um amor não correspondido.
O Sr. Lockwood é o novo inquilino da fazenda Trush Cross, ele vai visitar seu senhorio em o Morro dos Ventos Uivantes, Heathcliff.
Ali então ele encontra uma moça, um rapaz e Heathcliff.
Lockwood passa então a tentar entender, compreender a ligação entre eles e termina por entendê-los de uma maneira completamente errada. Isto aumenta sua curiosidade para descobrir mais sobre essa família muito estranha. Ele então seduz a governanta Nelly e começa a ter as informações que sempre desejou. E a nossa história começa então a ser contada.
O Morro dos Ventos Uivantes começa a contar sua história quando Heathcliff era apenas um menino.
Antigamente O Morro dos Ventos Uivantes era propriedade do Sr. Earnshaw que havia trazido para casa um menino de rua, que ele encontrou abandonado, este menino é Heathcliff.
Earnshaw já tem dois filhos, um menino chamado Hindley e a menina, que tem a mesma idade de Heathcliff e será seu grande amor, Catherine.
Heathcliff é um garoto encantador e muito inteligente, conquistando o carinho do Sr. Earnshaw, ele passa a ser tratado melhor do que os filhos biológicos do dono da propriedade.
Esse fato deixa Hindley furioso. Como pode seu pai gostar mais de um bastardo, do que dele?
Hindley passa então a odiar Heathcliff e a tramar algumas vinganças, pois assim como seu pai sua irmã também adora o bastardo, e ele seria incapaz de fazer Cath sofrer, por isso suas vinganças ainda são bobas, coisas de menino.
Mas Hindley não podia imaginar que algo horrível estava prestes a acontecer. O Sr. Earnshaw morre, a principio o filho fica deslocado, sem saber o que fazer, mas então ele percebe que agora o caminho esta livre. Irá conseguir vingar-se de Heathcliff.
Hindley começa a escravizar seu irmão de criação, impedindo sua educação e tratando-o como um trabalhador braçal. Ele faz de tudo para erguer uma barreira entre Catherine e Heathcliff, pois odeia a amizade dos dois. O irmão tenta fazer Catherine se dar bem com os vizinhos, os Lintons, uma família rica e respeitada que vive na fazenda Thrush Cross.
O tempo passa e cada vez mais Catherine fica distante de Heathcliff.
O garoto fica cada vez mais enciumado, mas tolera toda a humilhação calado. Ele ama Catherine, irá vingar-se de Hindley e casar-se com ela.
Edgar Linton pede Catherine em casamento e ela aceita. Heathcliff fica louco, e acaba escutando Cath dizer a Nelly que escolheu Edgar somente porque achava que Heathcliff não é um cavalheiro, e que casar com ele estragaria sua reputação e status na sociedade.
Heathcliff muito magoado decide deixar o morro dos ventos uivantes e ir embora do país.
Ele irá desistir de tudo? Inclusive de seu desejo de vingança?
Heathcliff conseguirá viver longe de seu grande amor?
Catherine fica arrasada, como poderá suportar essa situação?
Ela aproveita o casamento para tentar suportar a dor, mas é quase impossível.
Cath tenta começar uma nova vida com Edgar. Ela se sente segura ao lado do marido. Mas Heathcliff retorna para abalar todas as estruturas dessa nova família.
Heathcliff
Ele agora esta muito diferente do que todos conheceram, um verdadeiro cavalheiro, tão desejável quando Edgar.
Mas porque Heathcliff voltou?
Ele voltou porque agora é dono do Morro dos Ventos Uivantes, e seu desejo é apenas vingança.
O conflito emocional da Catherine começa. Ela quer os dois homens na sua vida. Para conseguir isto ela termina ferindo Linton e a si mesma.
Ela nunca consegue sair deste tumulto emocional. Cath da à luz a uma filha de Edgar e morre em seguida.
Heathcliff fica então arrasado e coloca em pratica toda a sua vingança.
Ele destrói Hindley e também Edgar.
Declara guerra a todos aqueles que lhe separaram de Catherine.
O Morro dos Ventos Uivantes é um clássico da literatura Inglesa e tornou-se o livro favorito de milhares de pessoas.
Casa de Livro recomenda.



Se o amor dela morresse, eu arrancaria seu coração do peito e beberia seu sangue.


Titulo: O Morro dos Ventos Uivantes.
Titulo Original: Wuthering Heights
Autor: Emily Brontë.
Ano: 1847
Páginas: 292
Editora: Lua de Papel.

Boa Leitura

Casa de Livro Blog

Karina Belo


Se olho para essas lajes, vejo nelas gravadas as suas feições. Em cada nuvem, em cada árvore, na escuridão da noite, refletida de dia em cada objeto, por toda a parte eu vejo a tua imagem! Nos rostos mais vulgares dos homens e mulheres, até as minhas feições me enganam com a semelhança. O mundo inteiro é uma terrível testemunha de que um dia ela realmente existiu, e eu a perdi para sempre.


Não sei como explicar, mas certamente que tu e todos têm a noção de que existe, ou deveria existir, um outro eu para além de nós próprios. Para que serviria, eu ter sido criada, se apenas me resumisse a isto? Os meus grandes desgostos neste mundo, foram os desgostos de Heathcliff, e eu acompanhei e senti cada um deles desde o inicio, é ele que me mantém viva. Se tudo o mais perecesse e ele ficasse, ou continuaria, mesmo assim a existir, e, se tudo o mais ficasse e ele fosse aniquilado, o universo se tornaria para mim, uma vastidão desconhecida, a que eu não teria a sensação de pertencer.

Retrato de Emily Brontë feito por seu irmão Patrick Branwell Brontë

Seja qual for à matéria de que as nossas almas são feitas, a minha e a dele são iguais.

Mas o meu amor por Heathcliff é como as penedias que nos sustentam. Podem não ser um deleite para os olhos, mas são imprescindíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: