9 de jun de 2013

OS FILHOS DE ANANSI - Neil Gaiman



Neil Gaiman, criador de Sandman, logo dispensa apresentações, tem no currículo Coraline e muitas obras memoráveis. E em Os Filhos de Anansi não foi diferente, o autor nos presenteia com uma obra recheada de surpresas, bom humor e excelente conteúdo, que realmente me surpreendeu, por sua leveza na escrita, e por tudo o que foi apresentado na obra.
Charlie Nancy, sempre foi um garoto gordinho, e seu pai que era muito popular e sedutor na região, o apelidou de Fat Charlie. O problema era que tudo o que seu pai dizia, pegava.
O garoto sofreu muito nas mãos de seu pai, sempre fazendo o garoto passar vergonha em frente aos colegas, e sempre o enganando. Quando a mãe de Fat Charlie morreu, ele foi para a Inglaterra, morar com sua tia. E lá passou a viver, todos os anos de sua vida, sem nunca mais ver o pai.
Agora, após vinte anos, Charlei cresceu, e não é mais nada nada gordinho. Esta noivo, e precisa decidir se irá convidar seu pai para o casamento, ou não.
Rosie, sua noiva, decidiu que é sim necessário chamar o pai de Charlie. É um casamento, é o melhor momento para que possam voltar à amizade, é o momento do perdão. Já Charlie acha que seu pai irá acabar com o casamento, ele não precisa passar por uma humilhação pública, no dia mais feliz e também nervoso de sua vida, certo?
Mas é impossível competir com a adorável Rosie. Então decidem chamar o Sr. Nancy para o casamento!
Mas quando liga para a senhora Higler, uma vizinha que morava ao lado de sua antiga casa, descobre que seu pai esta morto.
Agora Charlie Nancy se vê obrigado a voltar para o local onde nasceu e que viveu um período de sua infância. O local onde passou as maiores vergonhas de sua vida, provocadas pelo seu próprio pai.
Ele não esta chateado com a morte, ele só esta indo ao funeral por uma questão de respeito.
Mas quando chega ao local, ele descobre que sua vida não era nada do que imaginava.
Seu pai era uma espécie de feiticeiro, uma aranha, Anansi.
E Fat Charlie, não é filho único, ele tem um irmão. E para ter contato com esse irmão, ele precisa conversar com uma aranha. Que coisa bizarra. Fat Charlie não pode acreditar que aquelas senhoras que o viram crescer estejam contando tamanho absurdo a ele.
Mas quando volta para a Inglaterra, ele não consegue parar de pensar nesse tal irmão.
Charlie que tinha uma vida pacata, e toda cheia de regras. Em um momento de “fraqueza mental” pede pra uma aranha que apareceu em sua casa, pedir para seu irmão fazer uma visitinha a ele.
E Spider, irmão de Charlie, aparece.
Spider é o oposto do irmão, enquanto Charlie é um cara normal, que passa totalmente despercebido, e muito inocente.
Spider é sedutor, sensual de uma maneira única, e não tem uma pessoa no mundo que não se interesse por ele.
Charlie fica atordoado, e pra piorar a situação, Spider herdou o lado mágico da família.
Mas tudo começa a ficar perdido, quando Spider se apaixona por Rosie. Charlie começa a perder tudo, toda a sua vida entra em conflito. Ele precisa se livrar do irmão, mas pra isso. Ele precisará entrar em um mundo mágico. Um mundo de histórias e fábulas. Ele não poderia prever que, para colocar tudo de volta nos eixos, teria que mergulhar de cabeça no sombrio e enigmático mundo dos Deuses.
Charlie conseguirá recuperar a sua vida?
Mas esse não é o único ponto principal da trama. Charlie se vê envolvido com a policia, ele corre sério risco de vida, pois o seu antigo patrão, um corrupto, vem usando-o. Muita coisa acontece nessa obra, é impossível não se encantar, deveria ser um livro obrigatório.
Os Filhos de Anansi é uma mistura perfeita de elementos místicos, folclore e comédia da vida cotidiana.
Charlie conseguirá recuperar a sua noiva?
Conseguirá se livrar de seu irmão?
Conseguirá entender toda a linhagem Anansi?
Gaiman passeia pela realidade e pela fantasia de uma maneira única e com muito humor.
Casa de Livro Recomenda.




Como?
Você quer saber se Anansi parecia uma aranha?
Claro, exceto quando tinha a aparência de homem!




Titulo: Os Filhos de Anansi
Titulo Original: Anansy Boys.
Autor: Neil Gaiman
Ano: 2005
Páginas: 344
Editora: Conrad

Boa Leitura

Casa de Livro Blog

Karina Belo





Antigamente todos os animais queriam que as histórias tivessem o nome deles, na época em que as canções que criaram o mundo ainda estavam sendo cantadas, na época em que ainda estavam cantando o céu, o arco-íris e o oceano. Foi nessa época, quando os animais eram gente, mas também era bicho, que Anansi, a aranha, fez todos de bobo, principalmente o Tigre, porque queria que as histórias tivessem o nome dele.
Então os pássaros se dispersaram, e a rua estava vazia. O vento brincou com algumas penas sobre a calçada cinzenta.
Fat Charlie ficou ali, de pé, e sentiu-se enjoado. Se algum dos transeuntes havia notado o que acontecera, não chegou a esboçar nenhuma reação. De alguma maneira, tinha certeza de que ninguém além dele virá aquilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: