15 de out de 2013

Bibliotecas do futuro


E você leitor, o que acha? Será esse o futuro? Bastaria engolirmos uma pílula e pronto, você acabou de ler um clássico, é isso mesmo?
E quanto aos personagens de um livro serem projetados através de um holograma em sua parede?
E robôs como bibliotecários? Seria possível?
Será que vamos chegar a um momento em que os livros de papel serão apenas algo que iremos apreciar em nossa memória?
Estamos em época de mudanças, onde nas livrarias, os livros em sua versão física ainda são a maioria, mas aos poucos temos acompanhando uma disputa de espaço dos nossos tão amados livros impressos com a tecnologia, onde de forma digital, em um e-reader, você pode levar mais de 1000 títulos, e esse mundo de informação irá somar apenas mais 200 gramas em sua mochila. A praticidade e leveza são tentadoras. 
Acredito que mesmo no futuro,  não iremos perder aquele velho hábito de pegar um livro nas mãos, muitos irão procurar livros novos simplesmente para poderem cheirar, e sentir aquele aroma de folhas novas.
Mas essas mudanças não vão acontecer tão logo, não em sua totalidade, muito menos os exageros da ilustração acima. 
Apesar que muitos já não utilizam a biblioteca pública, mas pra quem o fazia, dificilmente irá esquecer da experiência que ela nos proporcionava, ser atendido por alguém especializado, dava um ar diferente. Conversar com os demais que frequentavam o local, trocar informações e novamente mais experiências, já sabíamos de antemão se isto ou aquilo realmente funcionaria, quais conteúdos realmente pesquisar. E isso geralmente produzia excelentes resultados na escola, existia um ligação entre os professores e alunos, somados a experiência dos profissionais da biblioteca.
Pais, seus filhos devem usar a biblioteca da escola, bem como a biblioteca pública. Não deveríamos tão cedo perder essa força. Quando as mudanças acontecerem, que sejam bem vindas, pois provavelmente serão inevitáveis, mas ainda não é o momento. 

Boa Leitura

Casa de Livro Blog

Sidney Matias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: