24 de fev de 2014

URDUME URDIDUMBRE – (Rubem Leite).


Urdume Urdidumbre, obra escrita pelo talentosíssimo Rubem Leite. Iremos comentar sobre a última parte do livro composto por poemas regionais e simplesmente incríveis, que foi recebida por nós da Casa de Livro, com grande carinho. Através de nossa editora parceira Círculo das Artes.
Iremos finalizar agora a viagem por Urdume Urdidumbre, mostrando os três últimos poemas, os mais sensíveis.
Vale ressaltar que o livro de Rubem Leite é dividido em duas partes. Todos os poemas que aqui resenhamos contêm na obra, assim como a sua versão em espanhol, ou seja, os poemas foram escritos duas vezes, em idiomas distintos. Um livro incrível que irá agradar brasileiros e estrangeiros.
Casa de Livro Recomenda.


Derradeira Rede.

Derradeira Rede, nos mostra a vida por completa. A “rede” que liga todos nós. A vida e a Morte.



Espero.

Poema que retrata uma vontade louca de viver, de ter alguém para amar e se sentir amado. Mas a espera faz querer a morte, faz a depressão cair, e a felicidade ficar em segundo plano.



Violeiros.

Através do poema é retratada uma parte regional do nosso país. Onde os violeiros são lenda, e fazem sucesso com seu talento, intitulado, caipira.




Autor: Rubem Leite
Titulo: Urdume Urdidumbre
Páginas: 103
Ano: 2013
Editora: Círculo das Artes.

Boa Leitura.
Casa de Livro.


Karina Belo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: