26 de mai de 2015

HISTÓRIAS DE SHAKESPEARE: ROMEU E JULIETA – Andrew Matthews & Tony Ross.


Mais uma aventura literária a ser mostrada aqui no Blog Casa de Livro.
Andrew Matthews e Tony Ross reproduziram Romeu e Julieta. Um clássico da literatura escrito pelo maravilhoso Shakespeare.
As modificações foram simples, mas preencheram as páginas com lindos desenhos, que além de iluminar a mente do leitor, consegue atrair crianças de todas as idades.
A obra intitulada Histórias de Shakespeare – Romeu e Julieta nos levam para a história do casal mais famoso da literatura. Mas nos conta suas vidas do ponto de vista de suas famílias.


Romeu e Julieta se apaixonaram a primeira vista.
Um casal apaixonado que queriam apenas a felicidade.
Mas uma briga boba entre suas famílias foi capaz de levar esse amor à morte.
Suas famílias eram rivais em Verona.
Não aceitariam nunca essa união. Mesmo com a ajuda do Frei da cidade, não conseguiram viver o que realmente desejavam.
Na obra estão presentes duas das mais poderosas emoções humanadas, o amor e o ódio.
A rixa entre os Montecchio e os Capuleto, as duas famílias mais ricas da cidade italiana de Verona.


Mesmo com todas as tradições e ensinamentos, ainda vivem com um ódio no coração, que acaba com a felicidade desses jovens.
Shakespeare conseguiu de uma forma emocionante e encantadora nos mostra como esses dois sentimentos são similares, como os dois sentimentos nos fazem agir sem pensar.
Se as famílias tivessem pensado na felicidade do casal, não estariam despedaçadas e sendo obrigadas a se unirem pelo luto. Um ódio que os cegou para a vida, para a felicidade.


Zomba da dor quem nunca foi ferido.
Que luz surge lá no alto, na janela?
Ali é o leste, e Julieta é o Sol.


  

Titulo: Histórias de Shakespeare: Romeu e Julieta
Titulo Original: Romeo and Juliet – A Shakespeare Story
Autores: Andrew Matthews & Tony Ross
Ano: 2010
Páginas: 69
Editora: Companhia das Letrinhas

Boa Leitura.
Casa de Livro.

Karina Belo.



Em um canto da sala, próxima a uma mesa repleta de comidas e bebidas, estava a jovem Julieta, filha do senhor e da senhora Capuleto. Ela havia retirado sua máscara e soltado os cabelos, que agora caíam sobre os ombros.

 

Quando Romeu percebeu que seu amigo estava morto, a ira perpassou-o como uma onda e seu ódio pelo Capuleto trouxe um gosto amargo a sua boca.

 

Quando a notícia da morte de Julieta chegou aos ouvidos de Benvólio, ele partiu em direção a Mântua. Um dos viajantes por quem passou no caminho era um monge, que o reconheceu.

 
Uma paz triste a manhã traz comigo;
O sol, de luto, nem quer levantar.
Alguns terão perdão, outros castigo;
De tudo isso há muito o que falar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: