17 de abr de 2013

Augusto Cury - O VENDEDOR DE SONHOS E A REVOLUÇÃO DOS ANÔNIMOS


 

Mais uma vez iremos comentar sobre uma obra de um autor brasileiro, um autor brilhante.
Augusto Cury é um médico psiquiatra e também escritor. Com suas palavras e histórias mágicas ele vem emocionando e cativando pessoas ao redor do mundo, e hoje já é considerado o autor brasileiro mais lido da década.
Aqui no Blog Casa de Livro, já comentamos sobre o primeiro volume dessa série maravilhosa. O Vendedor de Sonhos: O Chamado nos apresenta personagens únicos que ficarão para sempre vivos em nossa memória.
Nesse primeiro volume tudo começa quando um homem maltrapilho, conhecido como Mestre consegue impedir, usando apenas suas palavras, que um intelectual se suicide. E também nos mostra como pessoas comuns se tornam especiais em busca do amor à vida.
Agora nesse segundo volume continuamos a procura de entender o interior da alma humana.
O Vendedor de Sonhos e a Revolução dos Anônimos, o mestre continua virando a
sociedade de cabeça para baixo. Seus discípulos, meio pirados, dos quais se destacam Bartolomeu e Barnabé, ganham asas, revelando uma criatividade surpreendente e aprontando mil peripécias. Provocam, satirizam e instigam a tudo e a todos, inclusive o próprio mestre sofre de uma maneira deliciosa, nas mãos desses loucos. Esta obra mostra que as sociedades são constituídas de heróis anônimos. Augusto Cury, mais uma vez escrevendo com perfeição, nos emociona do começo ao fim. Mas dessa vez as coisas estão mais complexas e complicadas, o mestre esta correndo risco de morte. E seus discípulos também podem estar ameaçados.
Esse homem misterioso que vem enfrentando as pessoas mais importantes da cidade, esta atrapalhando negócios a serem fechados.  Esta atrapalhando empresas a ganhar dinheiro.  
Mas esses não são os únicos motivos. O mestre tem segredos. Ele também já foi poderoso, ele também já trocou tudo por dinheiro. O mesmo cara  que hoje prega que a humanidade esta doente, já passou dias sem olhar para cara de seus filhos, pois tempo, é dinheiro.

                       
Chegou a hora de se abrir com seus amigos, pois a cada dia que passa ficar perto dele se torna mais e mais perigoso.
Mas afinal, quem deseja matar o mestre?
E por quê?
E qual é a verdadeira identidade do mestre?
Agora eles precisam se manter unidos para ajudar o mestre.
Calar uma voz é fácil, mas ninguém será capaz de calar um bando de pessoas que querem vender sonhos, que querem mostrar o ponto fraco da sociedade, que querem ajudar as pessoas a encontrar seu ponto de equilíbrio. E vamos ser realistas, calar Barnabé e Bartolomeu é quase impossível.
O mestre conseguirá sobreviver?
Ele nos contará a sua história?
Mais uma vez Augusto Cury nos mostra que não é um escritor qualquer. Ele nos cativa, diverte e emociona, expondo fatos cotidianos de uma maneira simples, porém cheia de aventura.
Cury nos mostra que cada ser humano é uma caixa de segredos, e explorá-los é um privilégio. Autor de uma teoria que estuda o admirável mundo dos pensamentos e o complexo processo da formação de pensadores nos revela tesouros soterrados em nosso psiquismo.
Uma história admiravelmente complexa, escrita com lágrimas, tranquilidade, sanidade e loucura.
Casa de Livro recomenda!  

                             
Primeira lei do Vendedor de Sonhos: Reconheça suas loucuras e sua estupidez.



Titulo: O Vendedor de Sonhos e a Revolução dos Anônimos
Autor: Augusto Cury
Ano: 2009
Páginas: 320
Editora: Academia.

Boa Leitura.

Casa de Livro Blog.

Karina Belo.

Felizes os que são transparentes, pois deles é o reino da saúde psíquica e da sabedoria. Infelizes os que escondem suas mazelas debaixo da cultura, dinheiro e prestígio social, pois deles é o reino da psiquiatria.
                                  

A vida é como uma peça teatral é o show. Quando encerramos no teatro do tempo o último ato da existência no pequeno palco de um túmulo, o show não se interrompe, o espetáculo continua na plateia em lágrimas.


                 

Os que vivem à margem dos holofotes da mídia, os trabalhadores anônimos que lutam para sobreviver, os profissionais de saúde que salvam vidas, os operários que manufaturam, os que removem entulhos são estrelas do teatro social. Mas desprezando tais heróis, o sistema pinça seres humanos sem nenhum valor maior que eles e os fabrica como celebridades. Uma sociedade que despreza a massa de humanos e promove celebridades é emocionalmente infantil e doente.


                     

Bem-aventurados os que alimentam o cérebro com o cardápio das duvidas porque deles é o reino dos novos conhecimentos. Felizes os que são inconformados com as nossas pobres respostas e falsas crenças, pois andam por ares nunca antes vistos e chegam a lugares nunca antes alcançados. Oh, sistema perverso que apedreja os que ousam pensar de modo diferente. Quem trará solução para os graves problemas da humanidade?

                           

Um comentário:

  1. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
    www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

    ResponderExcluir

Comente: