11 de jul de 2013

VÍTOR E O PAI DE VÍTOR (O Amor é um Lugar Estranho) Luís Roberto Amabile.


Conto do estreante Luís Roberto Amabile, Vítor e o pai de Vítor, nos conta a história de um garoto universitário, que vive o dilema de sua vida amorosa. E começa a perceber o quanto é parecido com seu pai.
Certo dia, após sair de um plantão de vinte e quatro horas, Vítor recebeu uma ligação de sua mãe, aos prantos contando que seu pai estava tendo um caso com outra. Ela não sabia o que fazer, e Vítor também não sabia o que falar. Mas o tempo passou, o pai foi perdoado. E agora passando o fim de semana em sua terra natal, ao lado de sua família e de sua namorada. Vítor começa a entender o pai, ele gosta da namorada, mas não consegue parar de pensar na jornalista, por quem ele se apaixonou. É ela que ele deseja em seus braços, é ela que deseja tocar.
Será que o pai sente o mesmo?
Vítor terminará um namoro de três anos para ir atrás de seu grande amor?
Casa de livro recomenda.

No aparelho de som, os VIPS faziam uma homenagem à jovem guarda. Cantavam “E que tudo mais vá pro inferno.” Vítor, amolecido pelo álcool das uvas e das jabuticabas, pensava na jornalista. Que tudo fosse para o inferno e que apenas tivesse a outra em seus braços.




Titulo: O Amor é Um Lugar Estranho
Nono Conto: Vítor e o Pai de Vítor
Autor: Luís Roberto Amabile.
Páginas: 63 - 67
Ano: 2012
Editora: GRUA

Boa Leitura.

Casa de Livro Blog.


Karina Belo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: