23 de out de 2013

PAGAMENTO CIGANO (Além da Carne) – Cesar Bravo.


Segundo conto que compõe o livro Além da Carne, do autor Cesar Bravo.
Pagamento Cigano é um conto distinto, e que nos faz refletir se o que acontece com o personagem Marcos, poderia realmente acontecer na vida real. Eu não duvido. O mal existe, a magia existe, e é sobre isso que iremos comentar agora.
Marcos era um homem simples. Sempre numa vida miserável, que nada o orgulhava.
Ele vivia em uma casa imunda e fétida, ao lado de uma esposa que não amava cada dia mais feia e causando nojo à Marcos, e um filho com problemas mentais.
Randy, era a sua vida. Ele só aguentava aquela vida, e trabalhava duro para conseguir comprar os remédios da criança. O menino era doce, gentil. Tinha seus onze anos, porém sua mentalidade era apenas de três.
Porém certo dia, tudo estava igual. Ele acordou como sempre desanimado, fugindo de sua mulher para não ter relações sexuais com ela. Pensar em possuí-la lhe enojava.
Tomou, portanto seu café e foi para o trabalho. Sua primeira parada seria na casa de um cliente japonês, a única coisa boa lá, era a enteada do velho. Mas é o próximo chamado, que irá abalar as estruturas da vida desse homem.
Marcos recebe um telefone, uma senhora que precisa de auxilio do técnico.  Seu computador não mais funciona, e como possui uma loja de antiguidades, precisa do equipamento para fazer suas vendas.
O homem precisa do dinheiro para os medicamentos do filho doente, seu dia já esta uma porcaria, mas ele não pode perder um serviço. Mesmo o local sendo longe, e uma chuva torrencial estar a caminho.
Quando ele chega à loja fica perplexo. O local é cheio de coisas usadas para bruxarias, macumbas e magia negra. Ele só quer arrumar logo o computador da velha tarada e dar o fora dali.
Mas o destino reserva algo muito maior para ele. Marcos não poderia imaginar, mas sua vida esta prestes a mudar.
Como um bom trapaceiro, rouba um pouco da senhora da loja. Mas ela não tem todo o dinheiro e faz uma proposta a Marcos. Uma troca de favores, ele pode pedir o que quiser e não receber o seu “pagamento”, em quatro meses ela terá o dinheiro para pagá-lo.
Em um ritual maligno ele faz seu pedido, e no dia seguinte, sua vida é outra.
Randy seu filho, esta melhorando gradativamente.
Odeta sua esposa, esta fazendo regime, e voltando a ser a mulher linda e elegante que ele um dia conheceu.
Seus negócios estão prosperando, hoje ele é um homem rico, que trabalha para uma empresa tecnológica.
Marcos se tornou confiante, hoje ele consegue ter a mulher que quiser, e sua legião de fãs é imensa.
Porém fatos inusitados começam a acontecer na vida desse homem.
Visões, presentes recheados de sangue, dores, uma loucura que toma conta de sua mente e de seu coração.
Marcos precisa descobrir o que esta acontecendo, precisa proteger a sua família. Randy.
Pessoas a seu redor vem sendo assassinadas brutalmente.
O assassino sabe quem ele é, sabe quem são suas amantes, sabe quem é seu filho.
Cesar Bravo nos mostra com detalhes assassinatos que podem fazê-lo delirar, ou se enojar.
Usando elementos místicos e malignos, o autor nos prende do começo ao fim do conto. Fazendo-nos ler com avidez para descobrir qual será o fim de Marcos.
Ele irá recuperar sua sanidade?
Ou irá perder o que conquistou da noite para o dia?
Pagamento Cigano é um conto incrível onde o mundo obscuro te fará arrepiar.
Casa de Livro Recomenda.



Titulo: Pagamento Cigano – Além da Carne
Autor: Cesar Bravo
Páginas: 176


Boa Leitura.

Casa de Livro Blog.


Karina Belo.






Não apenas o altar da Santa Morte. A loja toda.
E por mais que se esforçasse Marcos não encontrava a fonte daquela luz. Parecia compor o ar.
Com força puxou vários pelos de seu braço peludo. Doeu. Estava acordado, desgraçadamente acordado.

Desnorteado com a própria vida, em um dia de tempestade, na loja mais suja de toda a cidade tentando salvar sua alma condenada sem nenhum motivo aparente. O mundo de Marcos ruía a cada passo lento no interior da loja. Estava à procura da velha que tirará dele bem mais do que havia dado. Às vezes tudo o que um homem precisa é de sua sanidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: