24 de out de 2014

A MENINA DE FUTURO TORCIDO - (A Menina Sem Palavra) - Mia Couto.


Mia Couto consegue mostrar seu talento de forma inconfundível, em suas obras escritas.
“A Menina Sem Palavra” um livro que nos mostra as mais variadas facetas do autor, em formatos de contos, com temas distintos.
O conto de hoje nos mostra o quanto a ambição pode ser prejudicial a uma pessoa, a uma família.
“A Menina de Futuro Torcido”, nos mostra uma família humilde. Que poderia ter batalhado juntas para conseguir uma vida melhor, mais confortável. Mas o homem, o pai daquela casa, achava que tudo deveria ser ouro, tudo deveria ser do bom e do melhor.
Escutava pelas redondezas que um empresário estava atrás de uma contorcionista, para fazer parte de um espetáculo que o mesmo estava promovendo.
O homem então não mediu esforços, correu para casa e anunciou à sua filha Filomeninha, que ela iria ser contorcionista.
Passou a treinar a garota dia e noite, com afinco. Despertava a mesma com água quente, e dizia que era para os ossos ficarem amolecidos.
A garota dormia amarrada, para que sua coluna ficasse totalmente dobrada.
Os dias foram se passando, e nada do empresário aparecer para ver sua filha, para contratá-la e fazer deles ricos financeiramente.
Mas a garota já não aguentava aquela vida.
Filomeninha estava doente. Vômitos, tonturas, muitas dores pelo corpo.
Seu pai não ligava, a missão dela era levar dinheiro para dentro daquela casa. Ela não poderia ficar doente, ela tinha que sustentá-los.
Foi então anunciado que o empresário estaria na cidade para fazer as entrevistas.
Era chegada a hora, agora eles conseguiriam apresentar a menina contorcionista. O pai iria realizar os seus sonhos.
Filomeninha aguentará por mais um dia essa vida?
A garota muito doente seria capaz de ajudar a família?
Porque tanto desejo de riqueza?
Um conto encantador, que nos faz refletir sobre diversas escolhas.
Casa de Livro Recomenda.


Titulo: A Menina de Futuro Torcido - A Menina Sem Palavra.
Autor: Mia Couto
Páginas: 160
Ano: 2013
Editora: Boa Companhia

Boa Leitura
Casa de Livro

Karina Belo.




Os tempos passaram Joseldo sempre esperando que o empresário passasse pela vila. Na garagem os seus ouvidos eram antenas à procura de notícias do contratador. Nos jornais os olhos farejavam pistas de seu salvador. Em vão. O empresário recolhia riquezas em lugar desconhecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: