22 de nov de 2013

A EXPRESSÃO DA DESGRAÇA (Além da Carne) – Cesar Bravo


Mais um conto que compõe a obra Além da Carne, escrita pelo talentoso Cesar Bravo, que deve ser um grande fã do terror.
A expressão da desgraça conta a história de cinco amigos inseparáveis. Moleque, de seus quinze anos, que tudo o que desejam é se divertir e correr riscos.
Os garotos tinham uma “brincadeira”, faziam alguns castigos entre eles para que apenas um cumprisse, a cada semana o castigo era pra um.
Mas as coisas foram saindo do controle, o que era para ser uma brincadeira inocente, passou a ser perigosa.
Furão era o mais louco do grupo, amado e ao mesmo tempo odiado pelos amigos, tinha uma pinta de machão e adorava correr risco.
Mas o Amarelo não gostava muito do amigo. Ele queria dar o troco em Furão, pois em um dos castigos ele quase foi devorado por um cachorro.
Furão obrigou o garoto a enfrentar seus medos naquele dia, e quase que uma tragédia aconteceu.
Mas o próximo castigo, quem iria inventar seria o Amarelo. Hora da vingança, hora de provar que ele não é tão burro e inocente como eles pensam.
Existe na cidade um quadro amaldiçoado, dizem que só de olhar para o objeto a sua vida vira de cabeça para baixo. O nome da obra: Desgraça reflete muito bem o conteúdo desse conto.
Amarelo planeja um castigo à Furão, um castigo envolvendo o quadro Desgraça.
Uma missão que nenhum amigo seria capaz de desejar.
Qual será a missão que Furão terá que cumprir?
O que Amarelo vem planejando?
A expressão da desgraça arrepia o leitor do começo ao  fim.
Casa de Livro Recomenda.

Titulo: A Expressão da Desgraça
Autor: Cesar Bravo
Páginas: 176

Boa Leitura.

Casa de Livro Blog.

Karina Belo






A vida nos prega peças aos quinze anos, muitas engraçadas e que acabamos reformulando à nossa maneira para contar aos nossos amigos em jantares de negócios com uma boa garrafa de vinho. Mas umas poucas não, essas não mudaríamos ou contaríamos nem ao padre de nossa paróquia. Pelo menos eu, não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: