9 de dez de 2013

O IDIOMA DA CARNE – (Rodrigo Machado Freire)


O Idioma da Carne, o primeiro de muitos livros resenhados que virão através da parceria entre Casa de Livro e a editora Círculo das Artes.

Rodrigo Machado Freire, relata nesse livro uma história de vida, onde o personagem Rodrigo, tenta entender sua existência. Seria ele o próprio personagem?

A narração inicia quando Rodrigo entra num táxi para ir comprar drogas. A droga é a única diversão em sua vida, em sua miserável existência. Mesmo sabendo que não lhe faz bem e conhecendo todos os efeitos maléficos agregados em seu corpo, ele encontra nas substâncias sua única diversão.
O livro é narrado dia após dia, onde nos conta suas aventuras no Bar do Pedro, de como ele acorda o porteiro do prédio onde mora, quando desce de madrugada para comprar cigarros, entre outros passeios inusitados do rapaz.
Rodrigo é um professor, acha todos os seus alunos uns demônios. Mas até que gosta do que faz, ensinando ele consegue praticar a sua existência, e tenta entender o “O Idioma da Carne”, ou seja, a sua alma.
Um livro pequeno, um relato de uma vida sem estrutura emocional, porém que nos cativa.
Rodrigo passa por tantos momentos absurdos e bem humorados, que nos identificamos com vários de seus questionamentos.
Até porque, qual é realmente o nosso propósito aqui?
Uma história divertida, em um livro pequeno, mas com um conteúdo excepcional.
Casa de Livro Recomenda.



O fim deve infindas desculpas àqueles que amaram o durante.





Titulo: O Idioma da Carne
Autor: Rodrigo Machado Freire.
Ano: 2013
Páginas: 97
Editora: Círculo das Artes.

Boa Leitura.

Casa de Livro.


Karina Belo.





Dificilmente conseguimos ser alguma coisa senão a tristeza. A tristeza é a expressão mais simples de conservarmos na cara. Sorrir do nada em que restamos é um tremendo exercício. O dono do bar e sua figura paternal completamente deprimente.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Karine, amei você ter colocado o vídeo do Feliz aniversário aí, traz uma nova dimensão do livro! Um carinho muito grande procê!

    ResponderExcluir
  3. Rodrigo!! Foi um prazer imenso realizar a leitura de sua obra.
    Concordo que a música casou perfeitamente com a historia por você contada.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir

Comente: