18 de dez de 2013

URDUME URDIDUMBRE – (Rubem Leite)



Obra de poesias escrita por Rubem Leite, mais um exemplar fruto de uma parceria magnífica entre Casa de Livro e a Editora Círculo das Artes. 

De acordo com nosso padrão no Blog, Urdume Urdidumbre também será resenhado por partes, iremos explorar e nos encantar com cada poema e poesia individualmente. Que Urdume possa trazer a você leitor todo o encantamento e diversão, assim como vem fazendo comigo.

Feliciano Weber.

O Maior Deles.

O Maior Deles, um poema que mistura amizade, natureza e alegria. Em suas palavras, Rubem Leite, consegue nos passar cor e vida. Um jogo de palavras único, que consegue expressar o que o autor esta sentindo. Transmitindo ao leitor o exato momento em que isso acontece.




Ânsia

Ânsia nos faz refletir sobre o verdadeiro significado da amizade. Qual é o valor de uma amizade para você? Como sabemos se realmente é verdadeira? Uma amizade que machuca acaba sendo ruim, e o poema nos reflete esse sentimento com uma força incrível.




Rede I

Rede I nos reflete um amor onde não há reciprocidade. Como é sofrer querendo alguém que não te deseja? Que não te ama? Os sentimentos escritor pelo autor em tal poema é de uma sutileza que nos emociona de uma maneira única, é impossível não se identificar.


Rede II

De uma forma engraçada, Rede II nos mostra um  homem apaixonado, mas que ao mesmo tempo precisa se encontrar. Um homem que adora beber e pensar na mulher amada. Revela os desejos contidos em sua alma e faz com que ela saiba de todas as suas taras.


Beijo de Morte.

Beijo de Morte. Um desejo incontrolável de morrer em seus braços, morte em um estilo figurado. Onde o gozo reproduz tal efeito, uma pequena morte através do prazer.


Maribondo.

Maribondo, um apelido dado a um ser que nós gostamos. No poema Rubem Leite deixa claro, que os “maribondos” são aquelas pessoas que não servem pra nada, pessoas que ninguém quer, ninguém gosta.



Desprezível.

Um sentimento de tristeza profundo é passado em tal poema. Um ser desprezível que ninguém ama. Nunca é correspondido em suas paixões.



Venci.

Venci, nos mostra algo que muitos já fizeram. Falar mal, esnobar e até humilhar o outro. Uma forma de defesa de se afastar para não sofrer.




Autor: Rubem Leite
Titulo: Urdume Urdidumbre
Páginas: 103
Ano: 2013
Editora: Círculo das Artes.

Boa Leitura

Casa de Livro


Karina Belo

“Urdume/Urdidumbre” já está disponível para compra na Amazon no formato e-book.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: