24 de mar de 2014

NÃO HÁ VAGAS - (Calafrios da Noite) - Cesar Bravo


Não há vagas, mais um conto que faz parte do livro Calafrios da Noite.
Herman era um grandalhão, fisicamente falando. Mas tinha uma alma gentil e era totalmente doce com as pessoas. Porém dentro de seu corpo também vivia Jack.
Jack adora se apossar do corpo de Herman, e provocar as maiores atrocidades. Principalmente brigas.
O apagão que acontecia com o grandalhão gentil, o transformava completamente. Principalmente quando se tratava de Elaine, sua esposa. 

Elaine não aguentava mais as mudanças de humor de seu marido. Entendia que ele tinha um problema, mas nem os tratamentos estavam dando certo. Ela não suportava mais viver com Herman, e de uma hora para outra, ter um estranho ao seu lado.
Jack adora provocar a ira de Elaine,  mas algo totalmente inesperado iria acontecer.
Em um dos apagões de Herman, ele a ofende. Para Elaine foi à gota d’ água. Ela pede então para que o marido vá embora. Ela não o deseja mais, ela não o quer por perto.
O turbilhão de sentimentos e ódio dentro do homem é tamanho, que nem Jack consegue assumir o comando.
O que acontecerá com esse casal?
O que Herman fará com sua esposa?
Um conto de terror arrepiante, que nos prende por completo.
Casa de Livro Recomenda.



Titulo: Não há vagas – Calafrios da Noite
Autor: Cesar Bravo
Páginas: 208
Ano: 2013

Boa Leitura
Casa de Livro

Karina Belo


- Não foi ele, Jack. Fui eu. Meu apelido é Cicatriz, o nome não interessa. Eu tô aqui dentro com os dos paspalhos há muito tempo vendo a merda acontecer. Quem manda nessa porra agora sou eu. Podem limpar tudo e depois a gente vai estabelecer umas regrinhas novas por aqui.

2 comentários:

  1. Gostamos do seu blog.
    Que tal fechar parceria com o meu?
    O RESENHUDOS está cada vez mais conhecido entre os críticos de plantão.
    Ficou interessado? Acesse http://goo.gl/ajS07Y

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite meu Caro Yann, obrigado pela visita, favor enviar o contato para sidney_matias@casadelivro.com.br

      Excluir

Comente: