27 de jun de 2014

ARDDHU E A MALDIÇÃO DAS SCARLETT - Joana D'arc


Joana D’arc, uma das autoras parceiras aqui no Blog Casa de Livro. Segunda obra que temos a satisfação de resenhar e ajudá-la nessa empreitada literária.
“ARDDHU e a Maldição das Scarlett”, uma obra recheada de magia e de momentos sobrenaturais.
Três irmãs que lutam contra os seres das trevas para proteger a humanidade da escuridão.
Leila sempre foi uma menina diferente. Com sonhos, visões e premonições que a aterrorizavam.
Ela não tinha o conhecimento que uma maldição pairava sobre si, sobre sua família. Uma maldição que pode levá-la a loucura ou até mesmo a morte.
Boa parte de sua vida Leila passa “fugindo” de si mesma. Ela não quer essa vida, não quer ver espíritos, não quer lutar contra os demônios, não quer ver os mortos. Ela só quer ser feliz, só quer entender a vida e vivê-la.
Sempre foi maltratada pela sua mãe, nada do que Leila fizesse estava bom, Leila só trazia desgostos. 
Porque que tanto ódio?
Durante suas conversas com os mortos, a garota entendeu que tinha uma missão a realizar.
Uma missão que ela e suas duas irmãs terão que cumprir, para que todos os seres humanos sejam salvos.
Para que as trevas não corrompam os corações mais puros.
Para que não soframos nas mãos dos demônios.
Elas se juntam então aos seres da luz, passam a enfrentar seus próprios medos, criam coragem para batalhar em nome de quem elas mais amam.
Porque são elas as escolhidas?
Uma maldição que paira sobre as Scarlett. Uma força oculta que só Leila será capaz de encontrar e destruir. Um perdão que apenas uma garota de fé e coração puro será capaz de conceder.
Ódio.
Terror.
Tortura.
Medo.
Amor.
Alguns dos elementos que compõem o livro de Joana D’arc.
Elementos que no contexto geral faz todo sentido. Uma guerra que será travada em nome do amor.
Um sentimento tão ruim, que acarretará em uma luta para reviver o perdão.
Casa de Livro Recomenda.



Titulo: ARDDHU: E A Maldição das Scarlett
Autora: Joana D'arc
Páginas: 202
Ano: 2014

Boa Leitura
Casa de Livro

Karina Belo



E apesar de ter mais duas filhas, minha mãe continuava a preferir a Lay. E isso ela não escondia de ninguém. Confesso que por muitos anos eu odiei Lay, por minha mãe gostar mais dela que de mim e minhas outras irmãs.

 


Sim. Uma maldição, que uma antiga vizinha antes de seu nascimento jogou nela. Ela sofrerá com a sensação de um bicho que anda dentro de seu corpo, se ele chegar até sua cabeça ela irá ficar louca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: