23 de jun de 2014

MUDANÇAS A DISTÂNCIA - Cristiane Lana


E mais uma vez nos emocionamos com a escrita de Cristiane Lana. Casa de Livro honrosamente agradece mais um exemplar de sua série, que a autora carinhosamente nos presenteou.
A série mudanças, que já teve os outros volumes postados aqui no Blog, nos encanta profundamente.
Autora que merece todo o sucesso, nos mostra personagens distintos com características únicas. Conseguimos nos identificar com sua rotina, os problemas do dia a dia. Cristiane Lana mistura um mundo real com um romance de tirar o fôlego.
No volume anterior, “Buscando Mudanças”, conseguimos sentir tudo o que Laila sofreu com as traições de Gian. A garota então decidiu dar um rumo em sua vida, mudar seu jeito, seu pensamento e tentar de todas as formas esquecerem seu ex-namorado.
Quando Laila estava conseguindo se restabelecer emocionalmente, uma tragédia abateu-se sobre ela.
Laila foi atender uma chamada médica, e viu o carro de seus pais explodirem. Ela assistiu a morte das pessoas que mais ama na vida, as pessoas que sempre a apoiou e que sempre estaria ao seu lado.
Ela não aguentava mais permanecer no Brasil. Seus amigos ajudaram sim. Gian e a esposa dele foram incrivelmente importantes em sua recuperação. Mas ela precisava, ansiava por uma mudança que pudesse tirar o peso do mundo de suas costas. Laila precisava de outra vida.
Passou então a trabalhar para a Cruz Vermelha. Seria médica no Afeganistão. País em Guerra. Mas valeria correr os riscos, aliás, nada tinha tanta importância mais.
Mesmo com a relutância de seus amigos, mesmo sem apoio de quem lhe estendeu a mão nos momentos mais difíceis, Laila decidiu buscar mudanças à distância.

Ficou completamente chocada com o lugar, com a guerra. Com os casos que chegavam a suas mãos.
Revoltou-se com os casos de abuso contra as mulheres, com as crianças mutiladas. Mas aprendeu a valorizar coisas pequenas em sua vida.
Laila passou a morar em um alojamento da Cruz Vermelha, juntamente com sua amiga Mila. Porém ali também estariam presentes alguns homens do exército americano.
No primeiro momento a garota ficou hipnotizada com um dos rapazes. O Tenente Brian. Homem sério, que não conversava, não sorria, mas a encarava de uma forma tentadora.
A atração foi instantânea, Laila estava prestes a viver os melhores dias de sua vida.
Mas ela tinha a consciência de que se apaixonar ali era impossível. Brian poderia morrer a qualquer instante, e não é pessimismo, era a realidade do local onde estavam vivendo, era a realidade de suas vidas. E por este mesmo motivo, ele não queria se envolver. Pois Brian tem uma história, que não é bonita, não é feliz, e que o matou por dentro. 

Conforme os dias foram se passando, ficaram ainda mais unidos. Decidiram viver o momento. Se aconchegar um nos braços dos outros, sem compromisso, apenas para ter uma companhia naquele lugar devastado pela maldade.
Mas no coração de Laila as coisas não eram assim tão simples, ela se apaixonou perdidamente pelo Tenente. Mas não poderia imaginar nos segredos que ele guardava, não poderia imaginar a história de seu passado.
Um acidente irá separá-los.
Laila não deixará Brian explicar o que realmente aconteceu.
O amor ficará ameaçado.
Porém uma vida, gerada por ambos se fará presente.
Qual a verdade identidade Brian Gaham?
Ele irá lutar por Laila, ou ela não passou de uma aventura?
Laila conseguirá as respostas que tanto precisa?
Eles terão uma vida?
Mudanças a Distância.
Cristiane Lana, os nossos mais sinceros parabéns pela sua magnífica obra, e pelo seu talento inquestionável.
Casa de Livro Recomenda.



Todos nós temos um passado que pode ou não ter nos atormentado, mas temos que ter o pensamento positivo sempre de que ele pode ser superado e que o amor pode ser vivido eternamente, desde que você esteja aberto para ele e o aceite!



Titulo: Mudanças a Distância - Série Mudanças - Livro 03
Autora: Cristiane Lana
Páginas: 279
Ano: 2014

Boa Leitura
Casa de Livro

Karina Belo



Parei e olhei para o lugar que estava vazio, enquanto o dono das palmas, Liam bastardo e seu amigo Brian ranzinza entravam pela porta. Liam parou na minha frente, segurando o saco com aquele sorrisinho que ganhava todas as mulheres dentro e fora do alojamento, enquanto Brian me olhava do mesmo jeito de sempre, sério, enquanto caminhando até a esteira.

 

Convivemos por meses e este tempo foi intenso. Ele me fez sentir muita coisa que não senti por homem nenhum, tanto emocionalmente quanto fisicamente, pois ele fazia meu corpo ferver sempre com um olhar ou uma piscada que me dava, assim como seu sorriso na minha direção. Sentia muito a sua falta e às vezes ficava em dúvida se havia mudado realmente quanto a “não gostar de alguém”, pois no fundo eu o adorava.

 

Até que depois de mais ou menos trinta minutos de conversa, de explanar os motivos sem dizer os reais e de alguns tentarem me fazer mudar de ideia, dizendo que eu era um excelente profissional, deram o braço a torcer e consegui o que queria. Estaria voltando daqui dois dias para os Estados Unidos.



Ainda olhando no espelho vi o reflexo do anel que Brian havia me dado. Aproximei minha mão do meu rosto, olhando diretamente para ele e lembrando-me da pessoa que havia o comprado para mim, assim como as frases que ele me disse no dia do ataque, inclusive o “eu te amo”.

Um comentário:

Comente: