27 de ago de 2012

Agatha Christie - CAI O PANO

                                          
Cai o Pano, é um romance policial de Agatha Christie, obra publicada em 1975. Mais um livro protagonizado pelo detetive belga Hercule Poirot. Uma obra muito especial, pois Agatha só autorizou sua publicação quando percebeu que não conseguiria mais escrever, ou seja, o último livro onde Poirot com sua incrível habilidade irá resolver casos praticamente impossíveis.
Hercule Poirot encerra o círculo de sua vida na Grã-Bretanha. Já aposentado, volta com seu amigo, Capitão Arthur Hastings, ao cenário da primeira investigação em que trabalharam juntos. A mansão Styles, agora transformada em hotel.
 

Transformado num pobre inválido, imóvel numa cadeira de rodas, Poirot parece inferiorizado frente a um astucioso e sutil matador.
Será que ele conseguirá resolver mais um caso, quando se encontra nessas condições?
Hospedado na antiga propriedade, está o misterioso assassino, responsável por cinco crimes sem relação aparente entre si.
O último caso de Poirot, o mais difícil, no mesmo lugar onde havia resolvido o primeiro. Um dos hospedes dessa sinistra casa, onde se respira o ar maligno de um antigo crime, que matou cinco pessoas. Um assassino em série, que mata diabolicamente, esta disposto a continuar.
Poirot por se apresentar como um velho, que nada sabe, nada pode descobrir, faz amizade com todos os hospedes. Analisando-os, descobrindo segredos, e montando uma teia de informações para que possa descobrir quem é o verdadeiro culpado.
Mas sua vida também corre perigo.
E se a sexta vítima for o próprio Hercule Poirot?
Mentiras, Ódio, Vingança, Doentes mentais. Uma pessoa entre os hospedes esta sedento por sangue. Uma pessoa que pode destruir sonhos, famílias, e amizades.
Cabe agora a Hercule Poirot, e a seu extraordinário talento. Para desvendar o intricado processo de mentes criminosas que o leva a crer que um sexto assassinato será cometido. Mas quem realmente será a vítima?
Poirot irá cumprir o seu propósito?
Esta questão conduzirá o grande detetive belga no que pode ser o caso mais arriscado de sua carreira. E talvez o último.


Nota final do capitão Arthur Hastings:
Eu acabei de ler... Ainda não posso acreditar em tudo... Mas ele está certo. Eu deveria ter visto. Deveria ter adivinhado quando vi o buraco da bala tão simetricamente no meio da testa...

Titulo: Cai o Pano
Titulo Original: Curtain.
Autora: Agatha Christie
Ano: 1975
Páginas: 217
Editora: Nova Fronteira

Boa Leitura

Casa de Livro Blog

Karina Belo

Os crimes de Norton foram perfeitos.
O meu não. Não tive essa intenção.
A maneira mais fácil e melhor que eu tinha para mata-lo seria abertamente, digamos, um acidente com minha pistolinha. Eu me mostraria arrependido, triste, que acidente mais terrível, essas coisas... Eles teriam dito: “Velho gagá, não viu que a arma estava carregada – Ce pauvre vieux”
  Mas agora estou muito humilde e digo como uma criancinha “Eu não sei”!


 Ah, Hastings, Hastings. Isso deveria ser o suficiente para você entender tudo.


Adeus, cher ami. Coloquei minhas ampolas de amylnitrato longe da cama. Prefiro me entregar nas mãos do Bon Dieu. Que seu castigo, ou seu perdão, seja rápido!
Não teremos mais caçadas juntos, meu amigo. Nossa primeira caçada foi aqui, e também a nossa última...
Aqueles foram dias bons.
É, têm sido dias muito bons...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: