1 de fev de 2013

A BREVE SEGUNDA VIDA DE BREE TANNER - Stephenie Meyer


Uma história de Eclipse

Olá leitores da casa de Livro blog!
Hoje iremos comentar um pouco sobre uma obra que tem como objetivo complementar a história do livro Eclipse, da Saga Crepúsculo.
A Breve Segunda Vida de Bree Tanner é um livro escrito por Stephenie Meyer, onde é contada a história de Bree Tanner, uma vampira que havia sido recém-criada por Riley, que como comentamos na resenha de Eclipse, estava montando um exército para lutar contra os Cullen, com o intuito de matar Bella. Uma vingança, que foi gerada em crepúsculo, com a morte de James.
Este livro em especial, foi contado do ponto de vista de Bree Tanner, uma vampira diferentemente dos outros livros da série, que são contados por Bella Swan, uma humana.
A Breve Segunda vida de Bree Tanner é um livro minúsculo, mas que nos prende totalmente. O volume já começa cheio de ação, quando Bree sai para caçar sangue humano em Seatle, ao lado de Diego, Kevin e outro recém-criado que ela não sabia o nome.
Eles se lembram de que Riley sempre fala para se alimentarem do sangue de pessoas que ninguém sentirá falta.
Nessa primeira caçada então, eles matam e sugam o sangue de um cafetão, uma prostituta e uma empregada, além de dois mendigos.
Eles passam então a tentar entender o porquê foram transformados em vampiros, e em como é estranho que Riley esteja transformando tantas pessoas, como eles em vampiros.
Eles ainda não sabem que é tudo por ordens de Victoria, apenas sabem que se trata de uma mulher, pois Riley sempre a chama de “ela”.
Diego acredita que algo grandioso irá acontecer, e que ela pretende usá-los como proteção.
Quando eles voltam, percebem que a casa que dividiam com os outros vampiros, havia sido queimada. Eles ficam então com medo, pois Riley disse que a luz do sol pode matá-los, de uma forma muito dolorosa. Eles então fogem e se escondem em uma caverna, passam o dia todo conversando sobre suas vidas humanas, sobre a transformação.
Mesmo eles gostando de Riley, estão desconfiados que ele ainda mentindo para eles, e Diego então, tentando, acaba descobrindo que a luz do sol não os machuca, apenas os faz brilhar.
Quando encontram os outros Bree volta a se isolar, e a se esconder atrás do “Freaky-Fred”, recém-criado esse que tem o dom de repelir as pessoas, o que a mantém protegida das brigas. Certa noite, Bree e Diego decidem seguir Riley, e escondidos acabam escutando uma conversa com “ela”.
Mas antes que consigam descobrir que é Victoria que esta tramando tudo, eles sentem a presença da guarda Volturi, apesar de não saberem quem são. A guarda avisa Victoria que ela esta agindo ilegalmente e que pode ser punida com a morte, mas lhe dão um prazo de cinco dias para atacar os Cullen, contando que ela seja bem-sucedida. Bree decide voltar para casa, mas Diego quer ficar e conversar com Riley.
Mas Riley retorna sozinho para casa, e muito irritado por ter pedido tantos vampiros em uma briga de rua, ele diz para todos que um grupo de vampiros mais velhos de olhos amarelos quer matá-los para conseguir o controle de Seatle, e tomar todo o sangue. E que se eles querem sobreviver, terão de permanecer juntos e lutar para atacá-los primeiro.
Riley diz para Bree que Diego ficou com “ela”, mas que irá encontrá-los na hora da batalha.
Bree e Freaky-Fred ficam observando escondidos, os outros recém-criados treinando para a grande batalha.
Riley, depois do treinamento, lhes entrega uma peça de roupa de Bella, para que sintam seu cheiro, e diz que ela estará com os Cullen e que o vampiro que pegá-la terá seu sangue.
Eles então vão atrás dos Cullen. Fred diz que não vai participar da luta, mas Bree precisa encontrar Diego. Fred então diz que ficará escondido, esperando ela para que possam fugir.
Stephenie Meyer foi perfeita nos detalhes ao descrever Bree chegando à batalha e se dando conta que todos os seus companheiros haviam sido mortos e fica chocada quando descobre que Riley a enganou, pois ele já havia matado Diego, agora ela esta encurralada.
Se tentar fugir pode ser morta.
Mas se ficar os Cullen podem tentar salvá-la, ela só precisa explicar tudo o que aconteceu.
Bree conseguirá sobreviver?
Ela será ouvida?
Carlisle conseguirá salvá-la dos Volturi?
Uma obra que nos emociona, Stephenie Meyer nos mostra a verdadeira realidade dos de olhos vermelhos.






Titulo: A Breve segunda Vida de Bree Tanner: Uma História de Eclipse.
Titulo Original: The short second life of Bree Tanner: An Eclipse Novella.
Autora: Stephenie Meyer.
Ano: 2010
Páginas: 192
Editora: Intrínseca.

Boa Leitura

Casa de Livro Blog

Karina Belo

 


Da rua lá embaixo vinham os sons da noite em uma área pobre de Seatle. Poucos carros, o som pesado do baixo nas músicas, algumas pessoas caminhando com passos nervosos, rápidos, um bêbado cantando desafinado ao longe.


Esquisito. Diego era esquisito. O jeito como ele falava, como uma pessoa conversando normalmente. Sem hostilidade, sem desconfiança. Como se não estivesse, pensando em quanto seria fácil ou difícil me matar naquele exato momento. Estava apenas conversando comigo.


Eu não queria falar e chamar atenção, mas seria bom se alguém decidisse alguma coisa. Estava com muita sede, e não me importava muito se iríamos para a direita, para a esquerda ou para cima do telhado. 

 
Só queria encontrar uns azarados quaisquer, que então não teriam nem tempo de pensar: “lugar errado, hora errada”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: