18 de ago de 2014

Um Acusador Fantasmagórico - (Contos de Fantasmas) - Daniel Defoe.


Mais um conto que compõe a magnífica obra de Daniel Defoe.
“Contos de fantasmas” foi escrito com uma elegância extraordinária, que nos apresenta histórias distintas, e nos envolve a cada palavra lida.
“Um Acusador Fantasmagórico”, um conto que envolve suspense e fantasmas.
Um homem acusado de assassinar o Rei, obtendo seu julgamento de forma assustadora.
Nenhuma prova, até o momento, foi encontrada. Nenhuma marca ou registro que nos faça acreditar em sua culpa.
Tudo corre a seu favor, sem provas ou testemunhas, é certeza que será absolvido.
A cada segundo que passa ele se vê mais perto da liberdade.
Sente-se mais seguro de que poderá voltar a viver em paz.
Porém, mesmo com toda a felicidade, o medo permanece presente.
Ele sabe que enquanto o julgamento não for finalizado, continua correndo riscos.
O Juiz passa a ser mais firme em suas perguntas e afirmações.
Ele percebe que existe algo errado.
E nesse momento o rumo de seu julgamento muda.
Um acusador aparece no tribunal.
Alguém que poderá fazer toda a diferença em seu testemunho.
Um homem que deixará o acusado fora de si.
E que revelará a verdade.
Qual será o desfecho dessa história?
Ele será condenado?
Quem será o misterioso acusador?
Casa de Livro Recomenda.




Titulo: Um Acusador Fantasmagórico - Contos de Fantasmas
Autor: Daniel Defoe
Ano: 1720
Páginas: 120
Editora: L&PM POCKET

Boa Leitura
Casa de Livro.

Karina Belo.



“A corte ordenou que lhe fosse dada uma cadeira, a qual, se não lhe houvesse sido oferecida, teria feito uma falta capaz de fazê-lo cair ao chão. Observou-se que, quando se sentou, aparentava grande consternação e que levantou as mãos várias vezes, repetindo: - Sou um homem morto! Um homem morto!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: