17 de dez de 2014

O POMO DE OURO DO ETERNO DESEJO - (Risíveis Amores) - Milan Kundera.



Milan Kundera escreveu esse livro com todo o seu sentimento. Risíveis Amores trata-se de uma coleção de contos encantadores que irá surpreendê-lo do começo ao fim.
“O Pomo de Ouro do Eterno Desejo”, o primeiro conto da obra, nos mostra dois amigos que adoram o jogo da sedução.
Martin é um conquistador convicto. Mesmo casado ele não consegue passar seus dias sem tentar abordar e levar uma mulher para os seus braços.
Levando seu amigo, um simples estudante, a compartilhar de seus devaneios amorosos. Martin se vê completamente encantando com uma moça do interior que veio passar um fim de semana na cidade de Praga.
Seu amigo, encantando com um livro que muito lutou para conseguir, nem deu ouvidos a Martin e nem se preocupou em contemplar a jovem moça.
Mas não teria como o nosso grande conquistador não ir atrás da garota.
Martin pegou o livro que seu amigo estudava e colocou dentro da sacola da moça. Uma das formas de sua conquista ajudou a mesma a carregar a sacola e disse que iria ao fim de semana próximo encontrá-la em sua cidade.
A garota, uma enfermeira, ficou lisonjeada com o convite. E por ter encantado aquele homem a tal ponto de o mesmo ir atrás dela.
Porém o livro foi junto para a outra cidade.
Agora eles precisam convencer a esposa de Martin de que ele precisará passar o fim de semana fora.
Enfrentar uma cidade desconhecida em busca de sua conquista e de seu livro perdido.
Mas as aventuras nesse inóspito lugar estão apenas começando.
Eles irão recuperar o livro?
A jovem enfermeira realmente caiu em tal conquista?
Uma reviravolta incrível que irá surpreendê-lo.
Casa de Livro Recomenda.

 

Titulo: O Pomo de Ouro do Eterno Desejo - Risíveis Amores
Autor: Milan Kundera
Páginas: 236
Ano: 1987
Editora: Nova Fronteira

Boa Leitura
Casa de Livro

Karina Belo.

 


Devo confessar que tinha sofrido muito durante esses poucos dias em que o livro sobre a cultura etrusca ficara fora do alcance dos meus olhos. Foi preciso um grande esforço para que suportasse isso sem reclamar, mas não queria de maneira alguma estragar o jogo, esse valor que aprendi a respeitar desde o tempo de minha juventude e ao qual seu subordinar todos os meus interesses e desejos pessoais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: