23 de set de 2013

HEAVEN – ALEXANDRA ADORNETTO

Não quero ir para o céu. Nenhum dos meus amigos está lá.
É isso mesmo leitores, é com meu coração partido que escrevo agora sobre o último e eletrizante episódio da saga Halo.
Quem leu essa trilogia maravilhosa sabe que é impossível não se encantar, apaixonar, se emocionar, por seus personagens centrais.
Quem, em algum momento da trama, não se identificou com Bethany ou com Xavier?
Para que possamos finalizar essa obra da maneira que ela merece, vamos relembrar a jornada desses personagens que serão eternizados em nossa mente.
Halo nos emociona do começo ao fim, como já comentado aqui no Blog Casa de Livro, fomos apresentados à seres celestiais, nesse primeiro volume. Bethany, Ivy e Gabriel. Três anjos que foram enviados para a Terra, diretamente para a cidade de Vênus Cove, com o intuito de levar a paz e também enfrentar poderosas forças negras que desejam acabar com a Terra.
Os anjos se misturam entre os humanos. O Arcanjo Gabriel será um professor, Bethany representará uma aluna, já a Serafim Ivy será a irmã cuidadosa e protetora que esta sempre conectada ao universo.
Mas Beth se apaixona por um mortal. Xavier Woods.
Apresentações feitas, Alexandra Adornetto nos transporta para Hades.
No segundo volume: Hades, também já comentado aqui no Blog Casa de Livro, somos apresentados ao inferno.
Muito mais envolvente que o primeiro volume, Hades no mostra a batalha que Xavier terá que enfrentar para manter Beth, seu grande amor, ao seu lado.
Para conseguir que Xavier lute ao seu lado, Beth irá se revelar, colocar a sua missão e o reino do céu em perigo.
Mas por mais que o céu tente separar esse casal, é o inferno que chegará perto de tal feito.
Se em Halo, Alexandra nos fez suspirar. Em Hades,  tirou nosso fôlego e nos deixou chocados.
Mas agora vamos finalizar Heaven, o último volume da saga. A Guerra agora é mais forte.
Como Xavier consegue viver tudo isso, sem se abalar emocionalmente?
Sem desistir de seu amor?
Heaven nos dará todas as respostas.
O terceiro e último volume da saga começa com o casamento de Beth e Xavier.
Um casamento secreto, às escondidas. Apenas os dois e um padre disposto a ajudá-los.
Mas Beth não tem permissão para se casar com Xavier. Mesmo sabendo sobre ela e guardando o segredo, ele é um mortal.
Assim que o padre os declara marido e mulher, Bethany perde a proteção dos céus. A Guerra esta declarada, eles precisam ser separados.
Como sinal, de que agora Beth esta sozinha, a única pessoa que ajudou o casal, o padre que celebrou o casamento, morre na frente deles.
Xavier se sente culpado pela morte do padre Mel. Ele se sente perdido.
Gabriel e Ivy chegam até a igreja. Muito nervosos.
Eles precisam fugir.
Para onde? E por quê?
Os Setes, anjos guardiões do céu, estão vindo buscá-los.
A garota não consegue imaginar sua vida sem Xavier, mas também não pode obrigá-lo a viver fugindo.
Mas o rapaz a ama e não irá entregá-la. Beth agora é sua esposa e eles permanecerão unidos até o fim.
A principio eles se escondem em uma cabana abandonada. Gabriel diz que tentará encontrar ajuda, mas que é bom eles evitarem o contato físico, isso pode fazer com que o reino do céu pense em fazer um acordo. Porém o esconderijo logo é descoberto pelos Setes.
Foi apenas um guardião que Beth conseguiu, na ocasião, derrotar. Eles precisam novamente fugir, mas agora é um exército que estão os procurando.
Gabriel decide deixá-los em público, os setes localizam suas presas pelo olfato, é o cheiro que os atrai, com vários humanos misturando seus cheiros, pode ser mais difícil para os guardiões encontrarem Beth e Xavier.
São levados então para a universidade, no começo tudo vai bem, tirando o fato que precisam fingir que são irmãos.
Mas logo são descobertos, o bando de Setes atacam a universidade, dessa vez eles não estão preocupados com nada, aterrorizam os alunos e matam inocentes.
Xavier fica enlouquecido, seu melhor amigo da faculdade morreu na batalha, mais uma morte nas costas do garoto. Bethany sabe que ele não vai suportar mais, e decide então se entregar.
Gabriel e Ivy conseguirão salvá-la?
Mas algo terrível acontece com Xavier.
Beth sente que sua vida, acabou.
Mas ela e Ivy, juntas, podem trazê-lo de volta.
E é nesse momento que tudo fica mais cruel. Além de ter que lutar contra o céu, o corpo de Xavier é possuído por Lúcifer.
Não há alternativa, nunca mais terá seu amor de volta.
Lúcifer deseja acabar com Gabriel, foi o arcanjo quem matou seu filho. 
Beth trocará a vida de seu irmão pela de seu marido?
Gabriel irá aceitar o acordo?
Porém os Setes não desistirão, eles ainda precisam finalizar sua missão. Mas eles não podem machucar Xavier, ele é um dos escolhidos. Os guardiões querem a Bethany. E ela ficará presa no reino dos céus.
Fraca de tanto lutar.
Morta, por ter deixado Xavier.
Gabriel diz que ela precisa voltar. Ela é a única que tem a chance de salvar Xavier.
Beth então procura ajuda, deve haver um meio de voltar a terra. E existe.
Beth deverá renunciar a sua divindade, para que possa voltar.
Ela se tornará humana por Xavier?
O garoto ainda esta vivo?
Quanto tempo ficaram separados?
E o mais importante. Qual é a verdade sobre Xavier? Desde o começo sabemos que ele não é um humano qualquer!
Alexandra Adornetto, finalizou a saga com chave de ouro. Ela escreveu livros para quem acredita no amor.
Casa de Livro Recomenda.

Se o céu não for como Dixie, não quero ir para lá.
Se o céu não for como Dixie, é em casa que quero ficar.



Titulo: Heaven
Titulo Original: Heaven
Autora: Alexandra Adornetto.
Ano: 2011
Páginas: 330
Editora: Agir.

Boa Leitura.

Casa de Livro Blog.

Karina Belo


Tudo começou a chacoalhar.
Segurei a beirada da mesa e observei minha aliança de noivado cair no chão quadriculado do Sweethearts.
O tremor durou apenas alguns segundos, mas o Jukebox parou de tocar e as garçonetes assustadas hesitaram, tentando equilibrar as bandejas cheias.
Dentro da casa de madeira, foi à vez de Gabriel perder a compostura. Ele me segurou pelos ombros me sacudiu.
- Quando você vai crescer? Quando vai perceber que está vivendo uma vida roubada que não pertence a você? Você não é um ser humano, Bethany! Porque não consegue enfiar isso na cabeça?
Xavier parou e sua mão foi direto para o coração.
Demonstrou confusão antes de cair de joelhos. Os seus olhos ainda estavam grudados nos meus e percebi que eles refletiam choque, e então dor, e depois, aceitação.
Um momento depois as pálpebras se fecharam e ele caiu no chão.
- Você me disse, certa vez, que um homem apaixonado pode fazer coisas extraordinárias. Bem... Uma mulher também.
Estou aqui, sou de verdade, e amo você mais do que nunca.
A expressão de Xavier mudou quando estendeu o braço para meus ombros, sentindo a pele firme sob as mãos. Ele os pressionou e me puxou para ele num abraço desesperado. Nós nos abraçamos com tanta intensidade que pensei que pudéssemos nos transformar em líquido e formar um novo e único corpo.
Estávamos juntos para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: