19 de jan de 2015

ESCÁRNIO - (Contos Que eu Conto) - Priscila Magalhães.


Priscila Magalhães é uma das parceiras do Blog Casa de Livro.
Caçadoras– O Vale da Morte, primeira obra que tivemos a honra de ler, escrita pela autora, nos mostrou que seu talento é único.
Hoje estaremos comentando sobre uma coletânea de contos “Contos Que eu Conto”, que nos mostra o aprimoramento das habilidades literárias da autora.
Priscila consegue dar vida a seus personagens, de uma forma que é impossível não vivenciar as aventuras ao seu lado.
“Escárnio”, primeiro conto, nos mostra um homem atormentando pela traição.
Ao descobrir que sua companheira o estava traindo, ficou maluco.
Não conseguia conter a raiva que sentia em seu peito, sua sanidade conseguiu ultrapassar os limites da razão.
Ele sentia a necessidade de fazê-la pagar por tamanha covardia.
Precisava matá-la, descontar aquela raiva, se ver livre daquela sensação de dor que o estava consumindo.
Saiu para beber, tentar esquecer o que tinha feito.
Mas em todos os lugares, para todas as pessoas que olhava. Ela estava ali, rindo da cara dele. O chamando de frouxo.
Não consegue entender o que esta acontecendo.
Não sabe como agir.
Sua decisão esta tomada.
Não pode mais fugir.
Um conto eletrizante, que todos devem ler.
Casa de Livro Recomenda.


Titulo: Escárnio - Contos Que eu Conto.
Autora: Priscila Magalhães.

Boa Leitura.
Casa de Livro.

Karina Belo.


Sempre fora assim, despachada e leviana. Sabia que causava e gostava de lhe deixar enciumado. Furioso caminhou até ela. Terminaria o que começou ali mesmo. Puxou agressivamente seu fino braço rijo, trazendo-a para junto de si.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente: